quarta-feira, 18 de julho de 2007

Em correcção de exames...

Nos últimos dois dias estive a corrigir 14 exames nacionais de Geografia A da 2ª fase e fiquei abismado com o elevado número de disparates que fui "obrigado" a ler... Depois de ter ficado satisfeito com as notas obtidas ao exame de Geografia A pelos alunos da minha turma de secundário (o 11º E) e sabendo que o nível de exigência do exame de Geografia em nada se compara com aquele que eu tive de fazer há uns treze anos atrás para entrar para a Faculdade, nunca pensei que ainda houvesse tanta ignorância junta nuns míseros 14 exames. Algumas das respostas dadas pelos alunos evidenciam uma tal preocupante falta de conhecimentos, que nem a minha avó com mais de 80 anos e apenas a 4ª classe ousa apresentar...
Pois bem, em 14 provas corrigidas tive 3 negativas e das restantes 11 positivas, houve um total de 7 provas com nota dez. Mas, a custo!!! Curiosamente a melhor nota (catorze valores) foi de um(a) aluno(a) do ensino recorrente, muito provavelmente um adulto a frequentar o ensino nocturno... Enfim, foi difícil ter de corrigir tanto disparate junto. Como é possível!!!
Mais uma prova de como os "meus" alunos do 11º E se portaram bastante bem no exame da 1ª fase...

3 comentários:

Moura ao Luar disse...

Por isso não podemos esperar muito do futuro por cá enquanto o ensino não fizer algo...

pa-ciencia disse...

E sabiam que um "vulcão expeliu os recifes de coral"?! Ora aí estava um fenómeno digno de se ver... Exame de 11.ºano :( Tristeza...

Anónimo disse...

a culpa é de ambos... os alunos hoje em dia nao tem interesse algum pelos estudos, mas nao se pode deixar de lado o facto de a maioria dos professores, nao saberem dar uma aula, nao saberem cativar os alunos, e de muitas vexes darem apenas atencao aos que sabem... afinal para que servem os professores quando estes ja nao ensinam??? estamais do qu naltura de modernizarem um pouco tambem... de arranjarem novos metos de dar aulas...