sábado, 22 de setembro de 2007

A primeira semana de aulas

Para mim, este é já o décimo ano consecutivo em que o mês de Setembro é dominado pela azáfama do início de mais um ano lectivo, nomeadamente no que respeita à "arrumação" dos horários familiares. Há quem pense que a vida de um professor se resume ao trabalho que medeia entre a entrada e a saída da escola. Esquecem-se que não é nada fácil fazer a organização da vida familiar quando se lecciona a quase uma hora de casa e se tem uma filha ainda no infantário.
Este ano calharam-me em sorte oito turmas do ensino básico com a disciplina de Geografia, sendo que em duas delas ainda lecciono Área de Projecto e noutra Estudo Acompanhado. Nada mais, nada menos do que 200 alunos!!! Ou seja, este vai ser um ano complicado e de grande exigência. Ainda por cima, em dois dias seguidos da semana entro às 8.30H, o que me obriga a levantar pouco depois das 6.30H para levar a filhota ao infantário e seguir viagem para a escola...
Felizmente, já conheço mais de 2/3 dos alunos de que sou professor, o que facilita em muito o trabalho. Esta é uma das vantagens da estabilidade do quadro docente. Por outro lado, este é já o terceiro ano consecutivo que estou na mesma escola, o que permite um conhecimento dos "cantos à casa", sendo uma vantagem ao nível dos conselhos de turma.
A primeira semana de aulas foi desgastante: a habituação a um novo horário de trabalho e às rotinas próprias da vida de professor notaram-se, sobretudo, a difícil tarefa de, à 3ª e 4ª feira ter de acordar às 6.30H, preparar a filhota de 20 meses, levá-la ao infantário e conduzir durante 45 minutos para chegar à escola. Mas, daqui a umas semanas o organismo já estará habituado...
A primeira impressão que tenho das 8 turmas é bastante positiva. Logo na primeira aula, gastei apenas 20 minutos para apresentações e o resto do tempo foi para dar matéria. A receptividade por parte dos alunos foi, em termos gerais, interessante e agradável. 7º ano: as paisagens; 8º ano: o clima; 9º ano: os recursos energéticos. Aulas dinâmicas e alunos interventivos. Bom prenúncio...
A todos, um ano lectivo cheio de sucesso.

5 comentários:

peciscas disse...

Embora já não esteja no activo, aqui te deixo, colega, votos de um bom trabalho e que, na medida dos possível (já que os tempos não estão fáceis) tudo te corra pelo melhor.

arte por um canudo 2 disse...

Desejo-te um bom ano de trabalho.Depressa nos habituamos aos ritmos diferentes que a vida nos proporciona.Sabemos que temos que ser flexiveis e as mudanças na nossa profissão são muito normais.Bom ano colega,

AnaCristina disse...

Como te compreendo, Pedro... As rotinas é o mais díficil de "engrenar"!!
E conhecer os cantos à casa, tanto pode ajudar, como complicar... sobretudo quando as coisas não funcionam bem e nós levantamos a voz na tentativa de mudar!!
Votos de um bom ano lectivo...

Anónimo disse...

Felizmente tens conseguido sempre dar a volta por cima, portanto mais uma ano. Bom ano lectivo, coragem nao te falta. Bjs

olho_azul disse...

Entrar na rotina custa muito, mas este ano foi ainda mais complicado. Foi um arranque exausto, cheio de reuniões diárias, a prolongarem-se por vários dias. É a preocupação de alguns pela avaliação versus o alheamento de outros por esta área.

Boa trabalho para este novo ano